sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Balanço Literário de 2016

2016 ficará para sempre na minha memória como um dos piores anos a nível literário.
 
Mas comecemos pelo principio, este ano terminou o meu clube do livro. Tive pena de terminar mas o projecto deixou de fazer sentido. Cada vez mais era difícil de encontrar livros que todas queriam ler. Foi uma experiencia maravilhosa e só posso agradecer a quem quis entrar no projeto. Guardo boas lembranças das leituras que fizemos, das particularidades na hora de falar do livro que cada uma trazia à discussão, etc.
 
A nível pessoal não li um único livro que me tivesse marcado ou que eu queira reler no futuro. Tive pena pois eu sinceramente gostava de ter gostado do Paciente Inglês, por exemplo. Mas não deu e quando não dá não há nada a fazer.
 
Por outro lado sinto-me orgulhosa pois consegui passar o ano sem comprar muitos livros, comprei poucos e os que comprei li-os quase depois de os comprar, o que evitou acumulações à lista para ler.
 
Outra boa coisa foi ter feito uma lista de leitura e ter conseguido ler quase tudo. Revelou-se uma boa estratégia e que certamente vou manter este ano. Passem por cá no inicio do ano para ver a lista e para conhecerem os meus prognósticos.
 
A todos os que leem este blogue, o meu obrigado por estarem desse lado e desejo a todos um excelente ano de 2017, com muitos livros e melhores leituras.
 
 

2 comentários:

Eva Maria Valério de Sousa disse...

Quanto ao clube de leitura, acabou mas criámos amizades através dos livros. O que foi só por si fantástico.
Eu tenho a estratégia de marcar apenas o número de livros que vou ler (24) depois vou escolhendo consoante me apetece na altura. Este ano queria contudo tentar ou o D. Quixote, os miseráveis ou o Guerra e Paz.

Madrigal disse...

Eu sempre me senti perdida na hora de escolher daí ter decido mudar isso e fazer uma lista no inico do ano. Às vezes são escolhas aleatórias outras nem por isso...
quanto ao clube também penso assim.