quinta-feira, 11 de maio de 2017

O problema dos musicais

Há uma frase da Jane Austen que diz: metade do mundo não entende os prazeres da outra metade.
 
Uma frase muito verdadeira, há sempre alguma dificuldade em aceitar os gostos dos outros. Contudo penso que em nenhum caso há tanta dificuldade como no género musical. Acho que é mesmo o único em que ou se ama ou se odeia, não havendo lugar a meios termos. Noutros géneros ainda é possível encontrar algumas pessoas que não gostando não se importam de ver...
 
Eu pertenço ao grupo dos que gostam ou melhor dos que amam musicais. Com grande pena minha nunca vi nenhum ao vivo.
Para mim o musical é um grande espetáculo por diversos motivos. Acredito que contar uma história com musica não é fácil e mais difícil será que essas musicas fiquem nos ouvidos de quem ouve.
E tudo isso me fascina, principalmente quando o musical adapta um livro qualquer. Se não é fácil criar músicas de raiz, imaginem criar uma musica que exprima o amor, o ódio, a tristeza, etc que vai no coração do personagem.
 
A verdade é que me faz sempre alguma confusão quando alguém diz que não gosta de musicais. Se gosta de música como pode não gostar de musicais? Eu penso que a maioria associa musica a alegria, embora existam muitas músicas que são muito tristes. O problema a meu ver está na letra, algo que poucas pessoas prestam atenção. A maioria foca-se na parte musical.
 
No musical a magia está na letra, é lá que ouvimos o lamento sentido de uma Fantine que perdeu tudo quando canta o I dreamed a dream, de uma Maria que para acalmar as crianças lhes fala das coisas favoritas, uma Roxie que sonha em ser uma estrela, etc. etc.
Além disso não são musicas que dão para dançar, seja abraçado ao nosso amor, seja para libertar o stress.
 
Eu lendo meia volta comentários sobre o assunto deste ou daquele que não gosta de musicais, penso sempre que é ai que reside o problema: não dá para dançar e é preciso ouvir a letra para se gostar. Quantos de nós ouvem as letras das musicas que passam na rádio com atenção?
 
Eu pessoalmente presto atenção às letras, pois adoro palavras, curiosamente numa música é quase sempre a parte musical que mais me fascina, mas sobre isso falaremos num próximo episódio.
 
P.s: se gostam de musicais não deixem de ver um chamado Across the Universe, feito com musicas dos The Beatles. Sim é estilo o Mamma Mia, mas muito melhor.

 

2 comentários:

Eva Maria Valério de Sousa disse...

Eu não gosto de música e odeio musicais!!! Tenho contudo uma excepção nisto, gosto do música no coração. Adoro aquele filme do princípio ao fim. Talvez pela Maria. How to solve a problem like Maria... ?

Madrigal disse...

Eva, do música no coração toda a gente gosta, mesmo quem não gosta de musicais :D ;)