terça-feira, 29 de novembro de 2016

Os Três Mosqueteiros de Alexandre Dumas

Este é talvez um dos clássicos mais conhecidos e também um dos mais adaptados para cinema e televisão. Quem nunca ouviu falar dos Três Mosqueteiros ou se referiu a um grupo de amigos como sendo os três mosqueteiros?
 
Escrito por Alexandre Dumas no séc. XIX este livro goza de uma enorme popularidade. Os valores que fala da amizade, companheirismo, cavalheirismo podem até estar em declínio, mas são universais. Quem não gosta de ter amigos quem os quais pode contar em qualquer ocasião?
Eu já conhecia esta história graças aos desenhos animados da minha infância e algumas adaptações que vi. Tinha uma curiosidade moderada de ler.
 
Não posso dizer que adorei, mas também não detestei. Penso que é antes de tudo um livro sobre a amizades e depois com muitas aventuras. Estas aventuras fazem sonhar os mais aventureiros. Não sendo um clássico à altura de outros que já li, acho que é um livro que merece ser lido mais que não seja para descobrir o que fazem bem ou mal nas adaptações...


 

2 comentários:

Eva Maria Valério de Sousa disse...

Eu li esse livro ainda na minha adolescência e por acaso só depois do "vinte anos depois" onde se conta a continuação, e gostei muito. No Dumas não é só a acção é a escrita rebuscada que cativa, eu gosto do livro pela noção de honra e ligação, acho que é um livro mais masculino e escrito na visão de homem. Este ano também senti isso no Conde de Monte cristo, porque mesmo quando retrata os romances é numa visão mais prática e desesperadamente apaixonada misturada com orgulho ferido típica de como eles sentem.

Madrigal disse...

Eu também quero ler o Conde de Monte Cristo. Pelo que conheço acho que vou gostar mais do que gostei deste. Acho a história mais cativante.